Projetos de 1999 a 2010

Em sua primeira década de existência, o IPR empreendeu diversos projetos, sobretudo voltados à valorização do empreendedorismo juvenil. Ainda que o entendimento e as tecnologias do investimento em projetos sociais fosse diverso do que temos nos dias atuais, nesses anos o IPR já consolidava o seu propósito de elaborar, planejar e executar projetos e programas voltados ao desenvolvimento justo e solidário das comunidades onde atua.

>> Cidadãos: soldados em formação (1999)

Aulas de Direitos Humanos visando a capacitação de 300 policiais militares. O projeto foi executado em parceria com o Governo do Estado de Pernambuco.

>> Programa de Formação de Educadores (2003 a 2008)

Por meio de uma parceria com a Secretaria de Estado de Defesa Social (SEDS), por meio da Superintendência de Atendimento às Medidas Socioeducativas (SAME), este programa contribuiu com a capacitação dos agentes de segurança socioeducativas que atuam nos centros de internação no estado de Minas Gerais. Foram capacitados mil agentes socioeducativos nas cidades de Belo Horizonte, Montes Claros, Pirapora, Governador Valadares.

>> Programa Cidadãos Planetários – Jovens Empreendedores (2003 a 2009) 

Em reuniões conjuntas com a comunidade do Conjunto Taquaril, em Belo Horizonte, foi identificada que a questão primordial a ser combatida era a falta de oportunidades de emprego, renda e profissionalização para os adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social. O instrumento proposto pelo IPR para fazer frente a essa situação foi o investimento sistemático no empreendedorismo juvenil. Assim, surgiu o Programa Cidadãos Planetários, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento local integrado e sustentável de comunidades desfavorecidas por meio de empreendimentos, qualificação profissional, trabalho e formação cidadã para jovens. Realizados com a parceria do Sebrae-MG, os cursos de formação tinham como objetivo levar aos jovens o conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes necessários, seja para a inserção no mercado de trabalho, seja para se tornarem sócios de empreendimentos solidários.

No dia 3 de setembro de 2003, foi inaugurado o primeiro empreendimento econômico solidário no bairro: a Pizzaria Cidadãos Planetários, em modelo delivery. Em 2005, foi inaugurado o Espaço Cultural Planetários, também cogerido pelos jovens. Pouco tempo após sua criação, o Programa foi escolhido pela Inter-American Foundation (IAF), ou Fundação Interamericana, para ser uma das iniciativas por ela financiada, e diversos ajustes foram feitos. Ao longo de seus quase sete anos de existência, o Cidadãos Planetários beneficiou cerca de 1.500 pessoas.

>> Trabalho Experimental de Assistência Técnica e Extensão Rural (2007 a 2010)

Trabalho desenvolvido com comunidades rurais e assentamentos de Minas Gerais, contribuindo na melhoria da produção, empreendedorismo, geração de trabalho e renda.

Comentários

Comentários